Um desejo, 3 palavras

Andressa Steil

Andressa Steil

Você, Relacionamento, etc & tal
21/07/2017 - por Andressa Steil

Já imaginou se enquanto você perambula solitária em uma loja de antiquário, se depara com uma lâmpada mágica? De forma curiosa você a toma em suas mãos com cuidado e embora tenha certeza que não passa de uma lâmpada comum, ainda assim sua curiosidade em esfregá-la fala mais alto e você o faz. E além de tudo uma fumaça cor-de-rosa toma conta do seu campo de visão e segundos depois toma forma de uma gênia. Mas não uma gênia qualquer. Uma gênia do amor! E que em vez dos tradicionais 3 pedidos, te concede 1. Mas um que deve constar as 3 qualidades do seu par, seu parceiro, sua alma gêmea, sua tampa da panela. Quanta responsabilidade!

Você seria capaz de apontar 3 características? Não existem regras sobre se são físicas ou espirituais. O que é sabido é que se limitam a 3. Aliás, não sei o porquê, mas sempre que paro pra pensar nunca elenco atributos físicos. Talvez seja porque na minha mente esta parte da beleza externa já está subentendida. E também porque por quantas vezes você não encontrou aquele cara que teria tudo que você procurava no seu futuro “namorido”, mas não te atraía fisicamente? Ou então o famoso “é bonitinho, mas sem graça”?

Escolher o homem ideal e poder construí-lo, materializá-lo do plano dos sonhos para o plano real, representaria muita felicidade para você! Mas não se esqueça que esse sentimento deve se restringir apenas a você. Afinal de contas, este deve ser também bem quisto e aceito por sua família, amigos, gatos, cachorros, papagaio e porquinho da índia. Repito: quanta responsabilidade!

E se você estivesse no local certo, mas na hora errada? E se tivesse ainda com mais vontade de aproveitar sua solteirice neste momento do que encontrar seu fiel companheiro? Você iria em frente com o desejo ou recusaria a oportunidade? Infelizmente ainda não dispomos do controle remoto do filme “Click” para darmos pausa nesses momentos ou então conseguir rebobiná-los. Pois é… Que dúvida trágica!

Mas já que esse texto tem como temática principal sonhos e aspirações, deixemos as tragédias no parágrafo de cima. Digamos que você, solteirona, na pista pra negócio e a procura, está no lugar certo e também na hora certa. Já sabe inclusive, sem hesitar, quais 3 qualidades apontaria, já que antes de dormir você coloca o coitadinho do Santo Antônio na geladeira e repete que quer um namorado assim e assado, caso contrário o deixará congelando dias a fio. Além disso, fica horas jogando papo fora com suas amigas e já teve a oportunidade de pensar e repensar, e voltar atrás e depois seguir ir pra frente novamente sobre as famosas características top 3 do seu par. Uma mulher no mínimo decidida (para não dizer doida. E convicta), eu diria. E para aquelas que pensam que essa oportunidade de ter seu desejo atendido por uma gênia seria a resolução de todos seus problemas, já pensaram que após presenciar a magia, a grande verdade sobre suas orações pro Santo não serem atendidas não são porque ele não tem um poder de ajuda-la, mas sim porque ele bem sabia que você estaria se metendo em uma furada?

Até porque, que mulher não sonha em um homem que a ame acima de tudo, que se dê extremamente bem com seus familiares e amigos e que de quebra seja um animal lover? E aí que entra a expertise do nosso Santo Antônio congelado, mas sábio: desejar um homem que te ame acima de tudo e de todos vai te sufocar. Seu único momento de (quase) paz vai ser quando estiver no trono e fazendo o número 2, porque o número 1 pode ser feito com ele na porta te observando e falando que até nisso você é linda! E dá onde foi que você tirou que um cara que seus pais e amigos tanto gostem, admirem e aprovem seria algo tão positivo assim? Ele torcer pro time de futebol do seu pai e discutir horas intermináveis sobre clássicos, ok. Ele se oferecer para lavar a louça após todo almoço de domingo e ainda ajudar sua mãe na sobremesa, atencioso… Fazer seus amigos gargalharem com piadas bem feitas uma atrás da outra (detalhe, algumas sendo sobre suas experiências barra desastres), já começa a incomodar e ainda mais quando você se dá conta que ganhou um competidor pela atenção daqueles que você mais ama. E na boa, um homem caridoso tanto com humanos quanto com animais é meio clichê, não? Se ele fosse somente mais consciente a respeito, tudo bem. Mas por que parar em apenas ter consciência e não desejar um completo apaixonado incurável por animais? Afinal de contas que mal tem você acordar horas antes do despertador tocar em plena madrugada de domingo para segunda-feira tendo aquela sua máscara de lama importada dos emirados árabes sendo devorada pelo vigésimo nono cachorro de rua (ainda pulguento) que invadiu seu quarto? E molhado? Ou você não acha que essa forma de levantar da cama é no mínimo diferente? Certo? É, também acho que não.

Pra quem disse que deixaria as tragédias de lado, não estou tento muito sucesso… Vou me esforçar mais.

Bom, além das iludidas, sempre têm aquelas que se acham mais sabichonas! Afinal de contas até nessa história a brasileira vai fazer jus a fama e dar aquele famoso jeitinho do nosso povo tão característico. Numa dessas, uma dirá que é simples e usará seu único desejo para pedir por mais 3! Obviamente ela não calculou a intolerância da gênia com sua “esperteza” e teve sua oportunidade voltando à forma de fumaça e depois desaparecendo… Uma outra, que se diz ainda mais esperta, deseja de forma concisa e direta o homem perfeito. A gênia revira os olhos e fica até entediada com o pedido que a Srta. Espertinha fez como se apenas ela tivesse tido essa brilhante ideia, mas ainda assim o concede. Afinal de contas, quem não quer o homem perfeito?

Acontece que a primeira, dois meses depois de toda sua esperteza e ganância, viu todas suas amigas ficando noivas e algumas até casando-se! Sua tia-avó encalhada e cá entre nós, não muito bem conservada, tinha arranjado um namorado e estava feliz como uma adolescente. Como se não bastasse, ela ainda foi convidada pra ser madrinha de todos os casamentos de forma que acompanhava desde os preparativos mais simples até as grandes decisões. Com o tempo ela foi percebendo que quanto mais perto umas estavam de chegar ao altar, mas na contramão ela ia… E por “coincidência”, sempre pairava um resquício de fumaça rosada no ar em algum ponto da cerimônia. Normalmente na hora do SIM, EU ACEITO e do PODE BEIJAR A NOIVA… Gênia irônica? Quem sabe…? (Eu sei).

A segunda então… Tanto queria o Sr. Perfeição que teve! Era daquele tipo com beleza física universal. Sorriso largo e branco, pessoa agradável de conversar. As mulheres queriam o possuir e serem possuídas por ele e digamos que os homens… Também! Até mesmo os homens mais machistas perdiam a vergonha em admitir que eles não eram de reparar uns nos outros, mas que o Sr. Perfeição “tinha presença”. Sua família e amigos o idolatravam. Brigas, discussões? Sem chance! Ele tinha essa capacidade de abstrair energia negativa e logo dava um jeito para que nenhum stress fosse causado. Acontece que de tanta qualidade junta, aliás, de apenas qualidade, a Srta. Espertinha começou a criar monstros em sua cabeça, teorias da conspiração contra ela mesma. Afinal de contas quem é tão perfeito assim? Quais os defeitos dele? “Ele deve me trair com certeza!”. E pouco tempo depois ela estava falando sozinha e criou certo síndrome de homens simpáticos e bonitos. Até mesmo aqueles que poderiam desta vez ser o seu cara ideal.

Se a primeira ficou sozinha, a segunda tratou logo de encontrar o oposto do que tinha pedido para se sentir querida.

Se é possível resumir a realização de um sonho em 3 características, eu não sei. Mas com certeza é possível apontar o que definitivamente não queremos. E se assim como eu você tem gosto pela adrenalina e as surpresas que a vida te proporciona, se algum dia encontrar uma lâmpada que pareça ser mágica, não esfregue para não passar vontade e se arrepender ou então para ter seu pedido atendido, deixando de lado a forma espontânea, sem essa parte gostosa da incerteza, da paquera, de conhecer devagarzinho um ao outro e poder nos mínimos detalhes e deslizes enxergar naquela bagunça imensa de homem as 3 qualidades gritantes que somadas traduzem sua essência.

Ah, e se você ficou curiosa, posso dividir com você minhas 3 características sendo: número 1) não conto, número 2) não tenho certeza e número 3) talvez eu mude essa. A verdade é que não importa o que eu ou qualquer outra pessoa elenque entre as 3 principais. Valerão aquelas que você entender serem suas 3 indispensáveis para você quanto parte de um relacionamento e bem sucedido.

Boa sorte na sua jornada. Com lâmpada ou sem lâmpada. Com gênia (de preferência bem humorada) ou não gênia. Uma hora ou outra o destino te envolve em uma fumaça não apenas cor-de-rosa, mas multicor e te faz realizada sem nem ao menos ter pedido por isso.

Comente esse post!

Deixe seu Comentário