Como organizar uma rotina de exercícios físicos

11/01/2017 - por We Pick

Realizar atividades físicas traz inúmeros benefícios ao nosso dia, isso é inegável. Ao nos exercitarmos estamos investindo tempo na saúde e na qualidade de vida. No entanto, mesmo sendo uma atividade essencial, muitos de nós temos dificuldades de estruturar a rotina e incluir atividades físicas regulares. Eu  mesma, nesse período que me encontro no Brasil, ainda não consegui voltar a minha rotina de exercícios frequente, o que confesso, está me deixando meio down. Mas assim como tudo na vida, praticar atividades físicas é um processo de decisão. Você decide incluir isso na sua rotina. É escolha. Devemos ter essa consciência e entender que, para praticar uma atividade física basta querer, se organizar e se comprometer.

Pensando nisso, eu convidei o Davi Veiga para esta entrevista. O Davi estudou comigo no Ensino Fundamental e era um craque no futebol da escola, hoje ele é Educador Físico, Diretor Técnico da ATP Personal Training em Brasília e trouxe algumas dicas e sacadas pra gente organizar uma rotina de exercícios físicos. Confira!
Gabi: Quais são os passos que uma pessoa deve seguir quando está começando a se dedicar a uma rotina de atividades físicas? Quais são os aspectos mais importantes a serem considerados?
Davi: A primeira mudança que deve ocorrer é em relação a postura diante da prática de exercício físico. Quando temos um propósito real, isso nos move e nos coloca no caminho daquilo que queremos alcançar. E este propósito é algo mais profundo do que simplesmente emagrecer ou ganhar massa muscular. Um propósito real é aquilo que vai te fazer sair da cama todos os dias. Após este primeiro e fundamental passo, é importante que, caso tenha algum histórico familiar, realize exames médicos que liberem a prática de atividade física. Logo após procure um profissional capacitado que possa te orientar de maneira correta como iniciar os treinos de forma que seja em um ambiente seguro, longe de lesão e alcance os seus resultados. Se você está sedentário atualmente, o ideal é que inicie no máximo 3 vezes por semana para que seu corpo se acostume com o novo estímulo e para que você também consiga adaptar o treinamento na sua rotina de vida. É importante criarmos uma relação saudável com o treinamento sem que o vejamos como algo muito sacrificante ou difícil de fazer. Isso irá contribuir para que você o aceite como um hábito regular.
Gabi: O que você recomendaria para alguém que já tentou por mais de uma vez começar uma rotina de exercícios mas não conseguiu ver resultados?
Davi: Primeiro eu recomendaria definir exatamente o que é resultado para ele. Resultado é algo muito relativo de pessoa para pessoa. Pode ser estético, pode ser saúde e qualidade de vida, pode ser diminuir dores, dentre outros. Depois de definir isso, é importante ver a viabilidade disso e qual o prazo possível. Muitas pessoas se frustram pois colocam uma meta muito grande em um espaço de tempo insuficiente e, quando não são alcançados, acham que o treino não funcionou. O último passo é procurar um profissional que te garanta resultado. O resultado com o treinamento físico pode sim ser garantido e profissionais bons são aqueles que o fazem.
Gabi: Como organizar um plano de exercícios quando se vive uma rotina apertada e se tem pouco tempo disponível?
 
Davi: Prioridades. Nossa vida é feita das nossas prioridades. Temos que definir bem na nossa cabeça o que é prioridade para que alcancemos os nossos objetivos e os nossos sonhos. Ter tempo é questão de colocar em primeiro lugar aquilo que se quer. Se eu entendo que o treino é prioridade para que eu consiga envelhecer com qualidade de vida, praticar um esporte por lazer ou brincar com meus filhos/netos, eu irei dar um jeito de encaixar o treino na minha rotina. A dificuldade é que muitas vezes as pessoas não enxergam dessa maneira e olhem pro treino como algo que vai faze-las perder tempo ou que vai atrapalhar na sua rotina de trabalho e filhos, quando na verdade irá agregar valor e fazê-los viver de uma maneira plena as suas atividades.
Viu aí? Ter tempo é questão de colocar em primeiro lugar aquilo que se quer! Assino embaixo, Davi! 
Gabi: O que você recomenda a quem não pode investir agora em um plano de academia e também não tem companhia para realizar atividades físicas? 
Davi: Recomendo que procure em sites especializados e/ou fanpages de bons profissionais que dão dicas coerentes de como praticar atividade física sozinho de maneira segura. Existem muitos charlatões e blogueiras fitness sem a menor ideia do que falam, mas existem muitos bons profissionais também.
Gabi: Quais ferramentas você recomenda para acompanhamento de metas das atividades? Há algum app que você indique para ajudar na implementação da rotina de atividades físicas?
Davi: Como eu atendo presencialmente, não tenho o hábito de utilizar aplicativos. Acredito que, não importando o aplicativo, o profissional ainda é insubstituível. Mesmo sendo a distância ou presencial. O aplicativo deve ser algo que venha a somar e auxiliar um treinamento prescrito por um profissional capacitado que saiba exatamente o que o cliente pode ou não fazer e fazer um treino realmente personalizado para cada um.
Complemento: que tal perguntar ao profissional que trabalha com você qual app ele recomenda para ajudar a monitorar as atividades físicas? Atualmente eu uso a MiBand que mensura a quantidade de passos e como foi o meu sono. Só isso me ajuda a ter uma clareza enorme da minha saúde. 
 
Gabi: Você tem alguma dica infalível para compartilhar com quem está começando a se empenhar na rotina de atividades físicas?
 
Davi: Encontre o seu propósito. Esse o ponto principal para se ter êxito em um programa de treinamento físico. Encontre o seu “porque?”, coloque isso a frente e você pode até desviar do caminho, mas rapidamente irá retomá-lo. Pense com você mesmo: “Porque eu quero emagrecer?” ou “Porque eu quero ganhar massa muscular?” ou “Porque eu quero correr essa maratona?”. Esse porque irá te guiar o resto da vida no treinamento e te fará ter resultados incríveis.
Se você está começando a organizar uma rotina de atividades físicas, cerque-se de informações e coloque o seu plano em ação. Obrigada pelas dicas, Davi! 
 
Para quem quiser acompanhar mais o trabalho do Davi Veiga:
Instagram: @treinadordaviveiga
Texto da Gabriela Brasil Dobbin (@gabrielabrasilorganiza), consultora de organização, especialista em Organização Digital. Quer saber mais sobre a Gabi ou contratá-la, acesse aqui!

Comente esse post!

Deixe seu Comentário