CANTADAS TOSCAS

Maria Augusta-Blog Belicosa

Maria Augusta-Blog Belicosa

Comportamento
05/03/2014 - por Maria Augusta-Blog Belicosa

Muita folia, samba no pé e diversão e é justamente nesta época que as pessoas em busca de sexo, beijocas e até namoro se permitem arriscar e pôr em prática suas terríveis cantadas. Com o lema “Vai que cola”, tentam faturar e acabam por afugentar a presa. Veja alguma delas.

As famosas “você vem sempre aqui?”, “você é linda!” e “ô, lá em casa!” são tradicionais entre o público masculino que não perde a oportunidade de ser desagradável.

“Mina, to igual melancia quente… Louco para te fazer mal”; “E aí, o que achou da minha fantasia de homem da sua vida?” e “quer namorar comigo? Mas me procure após o carnaval!”, podem arrancar risadas e dar brecha para o perigo.

“Oiii, eu não te conheço de outros carnavais?”, “Vamos fazer folia lá em casa?”, e a máxima: “Não é porque você está sem fantasia que eu não vou ter varias com você!” continuam na onda dos engraçadinhos.

Mas aquelas em que os suados, bêbados e sem noção pegam no braço ou no cabelo estão entre as eleitas como detestáveis pelas mulheres, que tanto cuidado tem com a cabeleira. E se até Beyonce dança “Single Ladies” sem bagunçar o cabelo, porque você vai fazer isso de graça?

Agora, o approach “bloco de rua”, “festival eletrônico” ou “carnaval em Salvador”, que nem pergunta seu nome e já chega chegando tascando o beijo sem nem saber se a pessoa está acompanhada pode é render-lhe um olho roxo na quarta-feira de cinzas…

Comente esse post!

Deixe seu Comentário