APPROACH: CHEGUE JUNTO

Maria Augusta-Blog Belicosa

Maria Augusta-Blog Belicosa

Comportamento
30/09/2013 - por Maria Augusta-Blog Belicosa

 

A palavra que expressa aproximação em inglês, mais de pegada pop, pode ser traduzida para dicas simples e eficazes de como chegar naquela garota e se dar bem.

Na faculdade: qualquer lugar e local para abordá-la. Você pode oferecer ajuda para estudarem juntos, sentar ao lado dela na biblioteca, se já tiver trocado algumas palavras com ela, se oferecer para carregar suas coisas ou dar uma carona.

No trabalho: mesmo que antiético, às vezes a gata fala mais alto. Então seja discreto e evite dar o bote perto de outros que possam melar sua relação. A dica fica por conta de pedir para se sentar na mesma mesa que ela no almoço.

Parque ou academia: se a ver pela primeira vez, seja educado na abordagem ou será confundido com o tarado do parque ou o Mané da academia. Veja se ela precisa de ajuda com a bike, ou peça ajuda para se alongar, e em caso do famoso cachorro, pergunte algo sobre a raça, mas não me venha com "o cãozinho tem telefone", ok?

Restaurante: se almoçam sempre no mesmo local e se as mesas forem compartilhadas, peça permissão para almoçar na mesa dela, diga que não gosta de almoçar sozinho e assim desenrole a conversa apenas se ela te der chances.

Balada: festas, casamentos e baladas podem ser maneiras de se conhecer gente interessante e não apenas pregação. Nesses casos o importante é ser diferente.

Uma dica meio batida, mas eficiente, é aquela que o cara confunde de propósito a gata com uma amiga, e depois da cara feia ou equivocada que ela fizer, peça desculpas, diga que se confundiu com uma amiga, e se ela sorrir.... aí sim conseguiu o approach, assim pode pagar um drink ou bater papo.

Um bom approach necessita de ferramentas para que, no descaso da situação, você consiga desenrolar uma conversa, e somente depois partir para cima da gata e quem sabe descolar um relacionamento Top.

Comente esse post!

Deixe seu Comentário