Estamos no mercúrio retrógrado. Entenda o período!

Ana Cristina Abbade

Ana Cristina Abbade

Astrologia
30/10/2019 - por Ana Cristina Abbade

O planeta Mercúrio fica retrógrado (sensação de andar para trás) 3 vezes por ano. Teremos a última retrogradação deste ano de 31 de outubro a 20 de novembro.

Vamos lembrar o que significa isso?

Mercúrio, na astrologia, é um planeta importantíssimo, pois é quem rege todo intelecto, meios de comunicação e formas de compreensão. Três vezes ao ano ele entra num movimento astronômico chamado “retrógrado”, que dura cerca de 20 dias, e muitas pessoas ficam ligadas querendo saber o que, de fato, acontece nestas ocasiões, que interferência isso tem em sua vida pessoal. Quando isso se dá, há uma interferência no funcionamento das áreas de comunicação; o que mais se ouve dizer é: “interferência em comunicação de rádio, telecomunicações, componentes eletrônicos, serviços de entrega, serviços de informação, correio, transportes, veículos, estradas e acessos”; enfim, tudo que envolva as características e regências do planeta. Assuntos do passado também voltam para serem solucionados.

Mercúrio

Signos que rege: Gêmeos e Virgem
Retrogradação por ano: 3 vezes

Funções fundamentais: análise racional, aprendizagem, atenção, curiosidade, raciocínio, conversação e comunicação (oral e escrita), locomoção física, habilidade manual e intelectual, engenhosidade, vivacidade, versatilidade, jovialidade, perspicácia, objetividade, inteligência ativa, espírito crítico, boa assimilação das idéias e das informações, gosto pela investigação e pela descoberta, oratória, gosto de comunicar, adaptabilidade ao ambiente.

Conclusão, qualquer um de nós pode fazer seu raciocínio e concluir que, tudo que está sob a “regência” a “coordenação” desse planeta, está em fase mais “lenta” em fase de “retrogradação”. Portanto nada corre rapidamente, tudo precisa ser bem pensado, bem avaliado, e isso não necessariamente é ruim. Porém é importante que se leia muito bem, documentos antes de assinar, que se evite compras e vendas neste período, aberturas de empresas. Tomadas de decisões importantes, também devem ser evitadas pois estas podem ser mudadas.

“Eu sempre conto minha história na compra do meu apartamento – não se aconselha nenhuma compra ou assinatura de papéis ou documentos importantes num Mercúrio retrógrado, mas eu vi um apartamento que amei, e precisava urgente comprar algum, e o antigo do tinha que ter a resposta naquela semana, era dizer sim ou não. Então eu não tive saída, disse Sim, e dei o sinal. No meio do período de Mercúrio Retrogrado. Moro aqui até hoje, num cantinho delicioso, quem conhece sabe, no próximo janeiro fará 17 anos. O que aconteceu foi que o apartamento estava no processo de inventário e demorou mais 2 Mercúrios retrógrados para que eu pudesse passar a escritura em meu nome etc.”
Isso é uma vantagem dessa condição do Mercúrio, algo que estava “mal resolvido”, desentendimentos, por exemplo, podem ser acertados e resolvidos quando retrógrados.
Também é possível reencontrar amores do passado para que a relação seja definitivamente solucionada, para sim ou não.

Na Astrologia não há nada absolutamente fatal, na vida sim, eu acredito que haja um “leve” livre arbítrio, diante de um destino pré estabelecido, podemos trabalhar, fazer “magias” talvez, mantras, meditar, mas somos tão inconscientes que nos libertamos tão pouco das correntes que nos aprisionam aos padrões. Mas a Astrologia apenas indica o que se passa, cabe a cada um decidir o quanto pode e quer se empenhar em tentar quebrar romper as amarras!!!

E viva a retrogradação que nos possibilita rever coisas que ficaram mal paradas!

Por Ana Cristina Abbade

Comente esse post!

Deixe seu Comentário